10 DICAS QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE LEVAR SEU PET NA VIAGEM!

 

Muitos feriados chegando e os planos para viajar já começam a aparecer.

Mas, a grande dúvida é: Como que eu vou levar meu cachorro na viagem?

Sabemos o quanto sentimos falta dos nossos filhos de Quatro Patas quando saímos para viajar e o stress que pode causar deixando-os sozinhos.

A solução é leva-los juntos. Até por que se o seu cachorro ou gato não estiverem na viagem, a família não estará completa...parece que tá faltando alguém na contagem...(lembramos do filme Esqueceram de mim, rsrsrsrs).

Então, para você se preparar para as viagens e ficar "expert" e se antecipar as necessidades do cachorro ou gato siga essas dicas e terão uma viagem incrível.

1 A Hospedagem - Hoje em dia, boa parte dos hotéis, camping, pousadas, hostels...já são Pet Friendly. Ou seja, aceitam pets numa boa. Mas, antes de comprar os pacotes ou contratar o lugar, verifique se tem o Selo Pet Friendly, e se aceitam o porte do seu cachorro. Pois, alguns lugares tem restrições para cachorros de porte grande ou gigante.

2 O Acesso - Certifique-se com o lugar da hospedagem permite que os pets tenham acesso a todas as áreas comuns sociais. Por exemplo, se o hotel tem piscina e você pretende frequenta-la, certifique-se de que seu "amigão" poderá ficar nesta área social também, se não você poderá ter de deixa-lo de castigo no quarto.

3 O Veterinário - Antes de fechar o contrato com a hospedagem, verifique se há veterinários próximos e já deixe o telefone e endereço em sua agenda. Nunca se sabe quando teremos uma emergência. E nas férias, sempre descuidamos um pouco do controle de onde o pet está e petiscos que ele pode comer. A final de contas...férias é para toda a família, né?

4 A Alimentação - Calcule quanto aproximadamente seu cachorro ou gato consomem de ração por dia, e leve a quantidade para uns 5 dias a mais por precaução. Quando mudamos de cidade corremos o risco de não encontrar a marca ou o tipo de ração para cachorro que seu pet está acostumado. E isso pode causar transtornos não só para seu cãozinho, que terá de mudar o cardápio e comer o que tiver, mas pra você que terá de parar a diversão e sair procurar ração. Lembrando que gatos são muito mais exigentes com a alimentação que os cachorros, então, tutores de felinos...atente-se!

5 A Segurança - Essa dica é importante tanto para viagens longas quando para viagens curtas, como um simples passeio. Seu pet sempre vai querer viajar perto de você. Se for a primeira viagem dele, provavelmente ele vai querer ir no seu colo e se ele já tiver experiência no assunto ele pode querer ir na janela. Em ambas possibilidade isso pode causar muitos problemas e também é contra a lei. Pois, seu cachorro viajando solto no carro, pode cair não só dentro do carro com uma freada, mas também ser atraído por uma distração externa como outros cachorros e gatos, e sair pela janela. O cachorro pode também querer vir no seu colo, atrapalhando a direção e criando uma situação perigosa para todos. Por isso, você pode utilizar caixas de transporte que mantém seu cachorro ou gato seguros, bastante indicado para gatos.

Há também opções que possibilitam que seu cachorro vá solto no banco traseiro, como o cinto de segurança. Ele é preso no engate do banco do carro e a outra ponta presa na peiteira do cachorro no lugar da guia. Como os cintos de segurança são reguláveis, você que irá determinar o quão perto da janela ele poderá chegar, ou qual a distância mais segura do banco da frente para que ele não caia e não cause transtornos ao motorista.

6 O Transporte - Durante a viagem, tanto você quando seu pet precisam de espaço para se mexer, até por que dependendo da distância pode ser cansativo para todo mundo. Neste caso, você deve utilizar a capa para banco de carro Normalmente, elas são impermeáveis, por tanto, vão proteger o estofado de possíveis babas e escape de xixi. Além de higiênico, também é seguro, pois a capa tem aberturas para conectar o cinto de segurança que falamos a cima, e seu cachorro ou gato vai se divertindo junto com você.

7  As Paradas - Durante a viagem seu cachorro ou gato vai precisar parar para fazer xixi, tomar um pouquinho de água ou até fazer um lanche. No caso do lanche, sugiro que a parada seja por um tempo um pouco maior, já que cachorros com intestino saudável costumar se alimentar e logo em seguida evacuam. Então, para que isso não ocorra dentro do carro, não ofereça ração ou petiscos ou faça uma parada mais longa.

Quando precisar parar lembre-se sempre de engatar a guia na peiteira ou coleira que seu cachorro ou gato estiverem usando, pois eles estarão num lugar estranho e cheios de cheiros para descobrir e eles podem ser perder com facilidade.

8 Os Acessórios - Procure levar na viagem água extra para seu cachorro ou gato. Já existem  garrafinhas para água específicas para facilitar esse momento. Leve fora da bagagem, deixe bem a mão a água e algum ossinho ou brinquedo que ele possa se entreter durante a viagem. Isso vai ajudar a gastar energia. 

9 A Higiene - Lenços Umedecidos Você deve estar se perguntando. Lenço umedecido para cachorro? Isso mesmo! Os lenços umedecidos para cachorros servem para limpar as patinhas depois do passeio ou da parada para esticar as pernas, serve também para limpar algum possível resquício de fezes ou urina que tenha ficado ou umedecido o pêlo. E pode ser necessário utilizar os lenços umedecidos para cachorro no hotel. Sempre é bom ter um lencinho a mão. Mas, se seu pet for um gato, lembre-se de levar a caixa de areia, pazinha e a areia de uso normal. Pois, gatos gostam de rotina, e poderá ter problemas com evacuação por estar num lugar novo e sem os acessórios costumeiros.

10 A Saúde - Essa é a dica mais importante...pelo menos 15 dias antes de viajar, renove a dose de vermífugo e do antipulgas. Pois, praias, campo e outras cidades tem umidade do solo, vegetação e um fluxo de pessoas e outros pets diferentes de casa. Então, nossa dica valiosa é: "Melhor prevenir do que remediar". Oferecendo o vermífugo e o antipulgas pelo menos 15 dias antes da viagem, você estará tornando o organismo do seu cachorro ou gato fortalecido e protegido de possíveis parasitas.

E então, com todas as dicas, ficou muito mais fácil de levar seu pet nas viagens e oferecer  férias para ele também, não é?

É só uma questão de planejamento e organização e garanto que serão férias inesquecíveis.
 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Já chegou em casa e percebeu que estava sem ração? A DiRaça Pet resolveu este problema para você.
                                                                               

?


                                                 Avisamos você quando a ração for acabar. 

     Pet Alerta é um serviço gratuito oferecido aos clientes DiRaça Pet para facilitar sua rotina e ajudar cada vez mais a ter mais tempo para você e sua família, bem como auxiliar no cuidado com seu pet lembrando, de acordo com seu consumo, quando deverá realizar a reposição da ração que está terminando.
 
Saiba mais em:  https://www.diracapet.com.br/pet-alerta

Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual